Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘torta capixaba’

A receita tem origem na miscigenação de várias culturas, principalmente na indígena e na africana.

Seus ingredientes tradicionais: o bacalhau importado da Noruega ou Portugal, caranguejos e/ou siris e às vezes o camarão, que é abundante no litoral do estado. Sendo o principal ingrediente o palmito, produto proveniente de uma árvore que existia em grande número nas matas capixabas, mas atualmente em extinção. Por isso, a maioria dos palmitos incluídos na torta é proveniente especialmente da Bahia, o que contribui para o encarecimento da receita.

Algumas famílias mais tradicionais ainda mantêm o costume de preparar a torta na quarta-feira da Semana Santa e consumir de quinta-feira até o domingo de Páscoa, uma tradição proveniente do jejum cristão da quaresma.

Ingredientes

Cebola, alho, azeite doce, azeitona, limão, coentro, cebolinha verde, tomate a gosto
½kg de palmito natural previamente cozido
200 g de siri desfiado e cozido
200 g de caranguejo desfiado e cozido
200 g de camarão cozido
200 g de ostra cozida
200 g de sururu cozido
200 g de badejo desfiado e cozido
500 g de bacalhau desfiado e cozido

Modo de preparo

Prepare um refogado com cebolas, um pouquinho do alho, pimenta, azeite doce, azeitonas e limão.
Leve ao fogo com o palmito natural e espere até desaparecer a água e ganhar consistência. Junte, depois de limpos, desfiados, cozidos e espremidos os ingredientes acima, mexendo até evaporar a água.

Retire para esfriar um pouco e misture uma parte da espuma de 6 (seis) claras em neve com as gemas. Quando adicionarem os temperos aos mariscos, deve colocar o bacalhau para enxugar e dar liga à massa. Cozinhe à parte 6 (seis) ovos (que servirão apenas para enfeite) juntamente à azeitona e umas rodelas de cebola. Coloque a massa em uma panela de barro, leve ao forno, retirando quando a espuma estiver bem coradinha.

Para cozinhar esses ingredientes, faça as moquecas de cada um e retire todo o caldo, deixando o mais seco possível.

O tempo de preparo é de 1 hora.

Anúncios

Read Full Post »

Uma festa popular é um ato de preservação das tradições de um povo. Um dos aspectos que mais caracterizam as tradições é a culinária. No Brasil não é diferente, cada Estado  tem a culinária específica para cada festa.

Janeiro

A Festa de Reis é comemorada em todo o país. Tradicionalmente, em comemoração a São Sebastião come-se bacalhau no Pará, na Bahia, no Ceará e no Maranhão.

 

 

 

 

Fevereiro

O Carnaval é comemorado de varias formas por todas as partes do país, os mais famosos são os comemorado no Rio de Janeiro e na Bahia. Na Bahia come-se filhoses, bolinhos de trigo com ovos e manteiga, escaldado em água fervente, depois frito e servidos com calda de açúcar, cravo, erva-doce e canela.

 

 

 

 

 

 

                                                                                                                                                            

 Março/Abril

 É comemorada a Semana Santa, onde na sexta-feira da Paixão não se come carne vermelha, aumentando bastante o consumo de peixes, principalmente o bacalhau. No Espírito Santo come-se a torta capixaba que leva peixes e mariscos.

 

 

 

 

Maio

 A Festa do Divino Espírito Santo é comemorada em todo o Brasil. E Pirenópolis, GO é ser galinha, empadão goiano, arroz com pequi e leitão à pururuca. Em Diamantina, MG há pão de queijo, feijão de tropeiro e bolo de fubá.

 

 

                                                                                                                                                                                             

 Junho

Na Festa Junina, onde são comemorados alguns santos, são servidos diversos pratos a base de milho, muguzá doce e salgado, canjica, cuscuz, curau, pamonha, pé-de-moleque, doce de batata-doce, jerimum, arroz doce e bolos.

  

 

 

                                                                                                                                                                                                                                  

 Julho 

Em São Paulo, SP, mais especificamente no bairro da liberdade, bairro com a maior concentração de descendentes de japoneses, comemora-se a Tanabata Matsuri (a Festa das Estrelas).

 

 

                                                                                                                                                                                                                                                                 

 Agosto

Em São Paulo, SP, mais especificamente no bairro do Bexiga, bairro com a maior concentração de descendentes de Italianos, comemora-se a  Festa de Nossa Senhora da Achiropita onde come-se comidas típicas do sul da Itália, principalmente massas. No centro do Xingu, MT é realizada a maior festa indígena do Brasil o Quarup onde come-se peixes moqueado e mandioca.

 

 

                                                                                                                                                                                                              

 Setembro

 Em Porto Alegre, RS é comemorada a Semana Farroupilha com shows pratos e danças típicas. Em Alter do Chão, PA é comemorada a Festa do Sairé com pratos feitos com peixes da Região.

 

 

                                                                                                                                                                                                               

 Outubro

Na cidade de Belém, PA comemora-se o Círio de Nazaré onde é servido o pato no tucupi, a maniçoba, e o tacaca. Em Blumenau, SC é comemorada a Oktoberfest, onde são servidos o marreco com repolho roxo, eisben e kassler e muita cerveja. Em Itajaí, SC comemora-se a Marejada, na qual são apreciados o bolinho de bacalhau e a sardinha na brasa.

 

 

                                                                                                                                                                                                                 

 

 Novembro/Dezembro

 O final do ano trás o ciclo natalino, o qual é marcado pela presença do peru, do frango, do leitão, do pernil, das frutas cristalizadas ou secas, e o panetone em todas as Regiões do Brasil.

Read Full Post »